19 agosto 2012

Roseira Amarga Vital



 Roseira amarga vital

Ela bebeu do gozo dele
Do doce e vegetariano gozo dele
Os vermes subiram na roseira para brechar
E se masturbaram
Com os espinhos
Pontiagudos, cremosos, doloridos e negros espinhos
Ela sabia que tinha plateia
E não parou por ali
Colocou dois dedos na...
E começou a vomitar
E os vermes morreram...
Como tudo o que existe no mundo morre
Apodrece, fenece, decompõe-se, fragmenta-se, extingue-se, ceifa-se, extirpa-se, decepa-se, some, sublima-se e, principalmente, se fode

10 agosto 2012

Darkness comes...


Darkness comes in front of my eyes
Darkness comes and I´m saying goodbye
Darkness makes me cry every day
Darkness lets you so far far away